Palavras Domesticadas

Palavras Domesticadas

sábado, 5 de maio de 2012

"Love, Janis" - Janis Joplin Através de Suas Cartas

Um recorte de jornal dos anos 90 fala de um livro sobre Janis Joplin, escrito por sua irmã Laura. O livro é baseado em cartas que Janis escreveu para a família, depois que partiu do Texas, onde nasceu e foi criada, para seguir a careira artística em San Francisco, na Califórnia, onde as coisas aconteciam. A jornalista Ana Maria Bahiana, que era correspondente do jornal O Globo em Los Angeles, escreveu sobre o livro que estava sendo lançado:
"'Love, Janis' foi preparado pela irmã mais moça de Janis, Laura Joplin, a partir de uma coleção de cartas antigas que ela reencontrou em 1988. Enviadas por Janis para a família, entre 1965 e 1970, elas relatam toda a trajetória da artista a partir do momento em que chega a San Francisco e vão até o final das gravações do seu último disco, 'Pearl'. O objetivo principal de Laura é mostrar com o livro 'uma visão de Janis menos sensacionalista'.
De fato, Laura proporciona um retrato humano e carinhoso de Janis. Ao longo do livro, vemos a transformação da garota em mulher. Numa carta de 1966, Janis revela aos pais, pela primeira vez que está morando em San Francisco com um cuidado e uma temeridade surpreendentes.'Lamento muitíssimo ter sido um desapontamento tão grande para vocês', escreve Janis.
Através das cartas, Janis detalha as descobertas de sua vida e de sua carreira de tal forma que nos dá - como deve ter dado aos pais - uma aula de rock, underground e blues. A tudo ela observa com carinho e admiração. 'Grateful Dead, Love, Jefferson Airplane, Quicksilver Messenger, The Leaves, The Grass Roots...vocês já viram nomes (de banda) mais bizarros?', pergunta ela certa vez. 'Por falar em Inglaterra', ela retoma, uma ano mais tarde, 'conheci Paul McCartney'. Ela sente a necessidade de uma explicação e emenda: 'Ele é um Beatle!'"

Nenhum comentário:

Postar um comentário