Palavras Domesticadas

Palavras Domesticadas

segunda-feira, 11 de maio de 2015

A Volta de Bob Dylan (O Mito Continua) - Informativo Curtisom - 1975

Bob Dylan é uma figura mitológica no mundo da música. Considerado uma das mais importantes personalidades da história do rock, Dylan quebrou paradigmas, propôs novas possibilidades em termos de letras e na própria forma de cantar. Artista imprevisível e ousado, sendo por isso muitas vezes incompreendido, já foi vaiado por entrar com uma banda de rock em um festival de folk, já se isolou e se afastou do mundo da música, após sofrer um acidente de moto em 1966, quando aproveitou para repensar sua vida e carreira, e renegando o papel de líder e porta-voz de uma geração. Nesse período recusou uma série de convites para participar de shows individuais e em festivais, e em seu retiro, onde se instalou em uma fazenda em Woodstock, continuou compondo, chegando a gravar várias faixas com aquela que seria sua mais famosa banda de apoio, The Band. Essas gravações dariam origem ao álbum duplo Basement Tapes, que só seria lançado oficialmente em 1975.
Sua volta ao show-bizz em 1974, após alguns shows esporádicos, como sua apresentação no Concerto para Bangladesh em 1971, a convite de seu amigo George Harrison, foi muito festejada por seu público e pela crítica. Em 1975, um informativo musical chamado Curtisom, publicado pela gravadora que lançava seus discos no Brasil, fez uma pequena matéria sobre Dylan, e seu retorno ao cenário da música, anunciando o lançamento do álbum mao vivo "Before The Flood". Foi uma das primeiras matérias que li sobre ele, e provavelmente através desse texto, eu que ainda era um adolescente curioso e ávido para conhecer melhor o mundo do rock, vim tomar conhecimento da importância daquele cara que eu já ouvira falar algumas vezes. Guardo até hoje a matéria, e aqui reproduzo:
"Em fevereiro de 1974, em  Los Angeles, uma das mais comentadas 'tours' da história da música terminou. Bob Dylan, que havia assinado contrato com a Asylum - um dos poucos homens com o legítimo título de 'lenda viva' - apresentava-se para milhares de pessoas, perfazendo cerca de 40 shows em 21 cidades. E qualquer dúvida existente no fato de que Dylan ainda tenha ou não o poder de excitar  as massas fora dissipada: 'o homem que galvanizou uma geração inteira nos anos 60 tem mais influência agora do que nunca', foi a conclusão a que chegaram os críticos especializados do mundo todo.
Embora não tenha feito 'tours' desde 1966, Dylan continua a vender discos espantosamente; seu décimo-primeiro álbum, 'Planet Waves', tornou-se mais um Disco de Ouro nos Estados Unidos, e o compacto 'You Angel You' chegou ao topo das paradas norte-americanas. E ele, que pôs em xeque sua reputação de 'folk' quando temporariamente abandonou seu som acústico pelo elétrico, provou decididamente ser tão importante para os amantes de música dos 70 quanto foi para aqueles que o curtiram nos anos 60. A crítica especializada dos Estados Unidos  comparou a volta de Dylan à sua inesquecível aparição no Concerto para Bangladesh e sua performance no Woody Guthrie Memorial Concert e, tão significativa como a lenda que ele criou com seu talento e idealismo.
'Before The Flood' - seu mais recente trabalho, já lançado no Brasil - é, antes de mais nada, um documento de uma das mais auspiciosas 'tours' realizadas nos últimos anos, registrada neste álbum duplo de forma realística. Diferente das demais gravações ao vivo, 'Before The Flood' apresenta  a sequência retal levada durante os shows, dando ao ouvinte a impressão de estar de fato assistindo aos espetáculos. Há, a princípio, uma aura de excitamento no começo do LP, que culmina em uma verdadeira explosão quando Bob Dylan e The Band, com quem trabalha há já muitos anos, sobem ao palco. O show começa com seis canções de Dylan. No lado 2, destaca-se The Band. O lado 3 é dividido entre ele e a banda, e no lado 4 Bob Dylan volta. Não é o Dylan com aquela voz ríspida de 1964, mas um intérprete completo, acompanhado por uma das melhores bandas do mundo. Por trazer canções antigas de Dylan, este álbum é também uma antologia que deve constar de uma boa coleção de música pop. Estão nele músicas como 'Knockin' On Heaven's Door', 'Ballad Of A Thin Man', The Weight', 'Blowin' The Wind', 'I Shall Be Released' e a célere 'Like a Rolling Stone'. É oportuno lembrar também que 'Before The Flood' é o décimo-terceiro Disco de Ouro de Bob Dylan nos Estados Unidos."

Nenhum comentário:

Postar um comentário